Comunicado: Greve dos professores


Belo Horizonte, 27 de abril de 2018


Prezados Pais e Responsáveis,

Paz e Bem!

Comunicamos que os professores do Colégio Franciscano Sagrada Família decidiram aderir à greve da categoria, deliberada em assembleia ocorrida na noite de quinta-feira, 26 de abril, em consonância com a posição do Sindicato dos Professores (SINPRO-MG).
Desse modo, as aulas estarão suspensas, a partir da quarta-feira, 02 de maio, por tempo indeterminado. Contudo, as atividades do Integral e administrativas dos demais setores da escola serão mantidas.
As datas de reposição das aulas serão comunicadas oportunamente.
A diretoria do Colégio segue acompanhando os desdobramentos das negociações entre os sindicatos, que têm rodadas de negociações agendadas para hoje e, também, para a próxima segunda-feira. Pedimos que sigam atentos aos meios de comunicação oficiais do Colégio para atualização dos desdobramentos de interesse dos alunos e famílias.
Na expectativa de que as negociações avancem e que a situação se resolva o mais rápido possível, despedimo-nos.
Atenciosamente,

Fernando Melo
Diretor do Colégio Franciscano Sagrada Família


Compartilhe:

10 comentários :

  1. Entendemos a questão de todos os professores agora o q nos preocupa é o fato de com a greve como as crianças pagaram será trabalhos em cima de trabalhos deveres em cima de deveres provas 2 ou até 3 vezes na semana como foi essa ?!! Não q seja importante mais esse ano teremos copa seguida de festividades da escola férias isso q realmente está preocupando os pais pq até agora estamos sem nenhuma resposta além de bilhetes e q na verdade não temos uma resposta clara agora vamos nós pais caírem na infelicidade de atrasar o pagamento das mensalidades para ver o q acontece!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Patrícia, como pai e pagador de mensalidade acho muito inoportuna essa greve. De que adianta penalizar os alunos?? Não tenho mais nenhuma considerado por essa escola.

      Excluir
  2. Sou extremamente contra greve na rede de ensino particular, greve são feitas para classes que não tem força de argumentos pata decidir simples questões em reuniões fechadas sem envolver ou prejudicar os clientes ( alunos)

    ResponderExcluir
  3. Gladstone 2 de maio de 2018
    Sou a favor da greve,porque todos devem buscar seus direitos,seja de que nível for,afinal de contas profissionais de alto padrão também tem família e se alimentam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entao eu vou lutar pelo direito de devolucao do meu dinheiro uma vez que os trabalhadores nao estao trabalhando por decisao propria. Vou denunciar aos órgãos competentes que estao deixando meu filho sem escola.Tambem tenho meus direitos.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. A greve é direito de todo funcionário. A classe de professores já é tão mal remunerada, tão abandonada à própria sorte que nós, enquanto pais, deveríamos apoiá-los e ajudá-los a lutar por melhores condições. Claro que a grave causa transtorno para todos nós, mas o objetivo principal de qualquer greve/paralisação/manifestação é tirar a sociedade da comodidade e chamar a atenção para o problema. Acho que todos nós deveríamos nos inteirar dos motivos pelos quais os professores estão reivindicando e reclamar com o quem está lesando esses profissionais. Se queremos que a formação de nossos filhos seja plena e de qualidade, temos, primeiramente, que olhar para as condições oferecidas à seus professores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Sibele por seu comentário, compartilho da mesma opinião: greve é para tirar a sociedade da comodidade e chamar a atenção para determinado problema social.
      Quanto aos comentários dos demais de não pagar mensalidade, não tem procedência legal, pois as aulas serão repostas e os direitos das famílias resguardados. Não podemos ser uma sociedade egoísta e não patriota: a classe que tem poder de argumentação tem o dever moral de apoiar as classes com menos poder argumentativo. As mudanças sugeridas pelo governo irão a longo e médio prazo prejudicar as novas gerações, sejam eles de rede de ensino pública ou particular.

      Excluir
  6. A luta pelos direitos da classe esta ferindo nossos direitos como consumidores do ensino privado, não concordo em pagar mensalidades para profissionais que se retiram da responsabilidade para com o aluno, educar, cumprir o calendário letivo estes são tão importantes para as crianças e famílias quanto as reivindicações da classe. Falta atitude da coordenação para se evitar ou tratase de conivência e consequente omissão com a atividade principal que se propõe esta escola. Como foi bem citado acima em ano de copa do mundo ainda é preciso engolir o caos da greve em instituição privada.

    ResponderExcluir
  7. https://www.reclameaqui.com.br/colegio-franciscano-sagrada-familia/greve-de-professores-e-conivencia-da-rede-de-ensino_obSXGFQODPQFjvA5

    ResponderExcluir

 
Copyright © Colégio Franciscano Sagrada Família. Designed by OddThemes